Tetun Português English

MENSAGEM DO PRIMEIRO-MINISTRO

Prime_Minister_of_Timor-Leste

A delimitação das nossas fronteiras marítimas, de acordo com o direito internacional, é uma prioridade para o Governo de Timor-Leste. Na realidade, desde a restauração da nossa independência em 2002, sucessivos governos de Timor-Leste têm dado prioridade à necessidade de finalizar as nossas fronteiras marítimas.

Para o povo de Timor-Leste, garantir as fronteiras marítimas permanentes é a continuação da nossa longa luta pela Independência e plena soberania. Aliás, pedimos nada mais do que aquilo a que temos direito, de acordo com o direito internacional.

Neste momento, as nossas fronteiras marítimas ao largo das costas norte e sul não estão definidas. Isto provoca incertezas em vários setores, tais como a pesca, a imigração, o turismo e os recursos naturais.

É também um problema regional. O Mar de Timor liga duas grandes nações na nossa região; a Indonésia e a Austrália.

É do interesse de todas estas três nações que existam fronteiras marítimas claras e bem definidas que reflitam o direito internacional.

Timor-Leste já começou as negociações com a Indonésia, e estamos prontos para negociar com a Austrália, assim que a Austrália se demonstrar disponível para fechar os restantes 2% da sua fronteira marítima.

O estabelecimento de fronteiras marítimas definitivas é o passo final para alcançar a soberania plena para a nossa jovem e orgulhosa Nação. O Governo continuará a trabalhar ativamente com os nossos amigos da região para alcançar este objetivo.

Encorajo-vos a explorar este website para que possam conhecer os problemas que Timor-Leste enfrenta na prossecução deste objetivo de delimitação das fronteiras marítimas.

Melhores cumprimentos.

Dr. Rui Maria de Araújo

Primeiro-Ministro de Timor-Leste

Breve biografia do Primeiro-Ministro